Assinatura RSS

Arquivo da categoria: Ficay por dentro

repelente de homens

Publicado em

Beginhas, a dica de hoje é um blog que está baPHo demais. Chama The Man Repeller, e nossa amiga Leandra Medine, new yorker estudante de moda, fala sobre essa mania de blogayras e descoladas de transformarem looks trabalhados na feminilidade em verdadeiros “repelentes de homem” graças à vontade de usar todas as tendências de uma só vez. Vale muito a pena conferir! http://www.manrepeller.com/

Por: Mariana Souza

Tome as rédeas!

Publicado em

Pois bem, sempre que passo por uma banca de jornal ou estou na fila do caixa do supermercado dou uma espiada nas manchetes das revistas. E as que sempre me chamam mais atenção são as das publicações femininas. Não, não é porque eu amo maquiagem e moda, mas porque chego a ter sensações físicas não muito agradáveis quando leio: “Mil e 19 maneiras de enlouquecer um homem na cama”; “Como achar o amor e mantê-lo com muito sexo”; “Dossiê loucuras na cama”. Tenho uma vontade tão absurda de ligar pras mulheres que são editoras dessas revistas e perguntar se elas acham que a gente é idiota!

Explico, primeiro: a gente agora é mico de circo pra precisar fazer estrepolias e acrobacias pra ganhar um amendoinzinho? 
Desde quando existem mais de mil maneiras de enlouquecer um homem na cama – maneiras de enlouquecer um homem, de modo geral, a gente sabe bem, agora, na hora do “vamo vê”? Outra, mulher é uma espécie em desespero e precisa apelar pra tudo que é mandinga pra atrair homem? Tipo a festa da perereca doida? Até onde eu sei, uma mulher confiante, que tenha plena consciência do seu próprio “borogodó”, autêntica e serena já é um viagra natural. Homem nenhum (e mulher nenhuma, diga-se de passagem porque nenhuma de nós suporta homem meloso ou desesperado demais) quer uma insana, que segue um manualzinho mequetrefe e que só fala groselha do lado dele.
Francamente, sabe qual a solução? Autoconhecimento, autovalorização e inteligência. Não é papo de livro de autoajuda, não! Eu mesma quase me virava do avesso pra agradar a pessoa que estivesse ao meu lado, muitas vezes não respeitando meus próprios limites. E tudo o que me sobrava era o bom e velho acordo do “você entra com o pé e eu com a bunda”. Só o dia em que eu parei em frente ao espelho me mirei e perguntei: “Filha, o que você está fazendo contigo mesma?” é que percebi tudo isso. Não que a boneca aqui seja uma devoradora de homens (cruzes, que baPho) mas o meu relacionamento com o sexo oposto (de amigos até namorados) hoje é outro e muito mais saudável!
Queridas beginhas, não acreditem em tudo o que leem e, principalmente, jamais pautem suas vidas e a sua felicidade no outro, é peso demais para todos os envolvidos!
Libertem-se e tomem as rédeas!
Por: Mariana Souza

Olha a cobra!

Publicado em

Sabem aquela transex filha do Toninho Cerezo (jogador de futebol)? O nome dela é Lea T. e ela desfilou no Fashion Rio pela Blue Man. Meninas, olhem o maiô que colocaram nela!! Bem que ela queria se livrar da danada mas lá está ela toda trabalhada na cobra…afff

Por: Fernanda Gialluisi